Expectativa influencia no resultado do encontrado?

Tratar diferenças interpessoais são para grandes pensadores como Freud o Roggers. Isto é, analisar o comportamento do ser humano na sua psicologia depende muito das regras sociais estabelecidas em cada cultura e região.

Valores como empatia, respeito, consideração e paciência dependem muito da forma de ser de cada pessoa.

Quando trata-se de passeios turísticos internacionais, algumas pessoas começam seus planejamentos, esperando encontrar momentos que vem de encontro aos seus desejos, segundo a sua cultura e costumes.

Comidas, atrações turísticas e paisagens são formatadas de forma que representam uma utopia prazerosa na cabeça de quem deseja bons momentos de lazer.

Portanto, a capacidade de flexibilizar a tolerância a encontrar uma realidade diferente da sonhada quando planejado o passeio turístico, permite a liberdade de encontrar pontos positivos dentre o encontrado na realidade.

Então a opinião é que o turista tem que ser submisso ao que lhe é oferecido?

Não é essa a mensagem. Cada ser tem um comportamento diante de cada situação. Alguns reagem de forma autoritária exigindo que lhe seja ofertado o que achava que ia encontrar. Outros, diante uma realidade que pode não condizer com a sua expectativa, procuram o que é mais agradável dentro do seu gosto.

Enfim, a mensagem é um pouco o que tem o critico de culinária do filme ratatouille, onde um ratinho incorpora a magistral arte de ser chef. O critico, vá ao local com o intuito de denigrir as pessoas que o atendem por um motivo pessoal. Porém, quando o ratinho cria o prato que faz o critico lembrar da sua infância com as comidas feitas pela sua mãe, muda a sua postura e no final ele se entrega à magia do prazer de ser surpreso com uma inovação nunca experimentada.